Porque Marraquexe continua a ser tão fascinante como era antes do atentado

Media_httpthequalityt_aizgh

(…) Regressei a Marrocos precisamente para mostrar aos meus filhos que o mundo é feito de diversidade; que os nossos vizinhos não são todos iguais – no vestuário, na língua, nas tradições, na arquitectura, nas crenças – mas que apesar disso, e no essencial, partilhamos as mesmas necessidades, as mesmas paixões, as mesmas alegrias e as mesmas tristezas… Quis mostrar-lhes como é fácil sentirmo-nos em casa em qualquer parte do planeta; quis ensinar-lhes que é nesta universalidade que reside a magia da espécie humana.

Apesar de o terrorismo causar exatamente isso, em especial em locais que já pisámos, cabe-nos ir ver o mundo pelos nossos olhos, ou pelo menos pelo maior número de “olhos alheios” possível, e não nos fechar-mos nas imagens formatadas dos canais de entretenimento noticioso.

Posted via t3mujin’s quick thoughts

Advertisements

Leave a comment / Deixe um comentário

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: